18 May 2016

O Blog dos Blogs

Eu moro na internet há uns 20 anos e já faz uns 16 que criei meu primeiro blog. Eu, que vivia criando websites pessoais, achei a ferramente fantástica. Eu, que amava escrever, passei a ter uma chance de ser lida. Lembro que naquele primeiro blog havia até mesmo alguns poemas meus e jamais esquecerei que foi sobre eles uma das coisas que Zel comentou no blog dela sobre mim. Os poemas e os arquivos dos dois primeiros blogs foram perdidos anos depois, mas muitas das amizades que fui fazendo ao longo dos anos ainda estão aqui, parte da minha vida. Eu nem acreditei que levou 15 anos para para finalmente dar um abraço naquela amiga que acompanhou tantas fases da minha vida, mas sabe que foi como se a gente tivesse se visto semana passada? A proximidade que meu blog me trouxe com as pessoas que me liam e as pessoas que escreviam blogs outros os quais eu lia é encantadora. Por causa do blog eu conheci minhas melhores amigas, uma das minhas maiores decepções amorosas adolescentinhas, muitas companhias para farras e meu ex-marido. Com a depressão, meu desejo em escrever foi diminuindo (eu me sentia completamente vazia), mas aos trancos e barrancos tentava manter um blog, recomeçava aqui e acolá. Do mesmo modo continuava lendo blogs de pessoas que, como eu, ainda acreditavam no meio.

E aí hoje estamos lançando esta iniciativa maravilhosa, pensada pela querida Tina Lopes (que eu conheci no Twitter, mas aí é conversa para outro post), a Central do Textão. Lá estão reunidos uma tuia de blogs  gente que não parou de escrever e gente que se inspirou a voltar a escrever com o chamado de Tina. Queremos não depender do Facebook, que organiza nosso conteúdo da maneira que lhe convém. Queremos links que podem nos levar aonde quisermos e não ficar presos a hashtags. Quero voltar a ter reações que vão além das curtidas, os comentários que são trocas de experiência, que viram post, que viram amizade. Nem todos escrevemos diarinho. Acho que muita gente ainda não sabe direito o objetivo do próprio blog mas entrou de cabeça na ideia. Como bem falou Tina em seu post de estreia
"Não se trata de saudosismo, mas de resistência."
Share This:    Facebook Twitter
_______________________________

15 comments:

Marissa Rangel-Biddle said...

Ola. Desculpa a falta de acentos. Te conheci hoje entao...que bom!

Martinho Vasconcelos said...

Quando cheguei aqui no blogger era tudo mato...kkkkkk Nostágica resistência sim. Que venham os bons textos. Forte abraço.

Clarice M. said...

Eu te sigo no instagram e leio teu blog há algum tempo... Que bom ter vc aqui!

Clarice M. said...

Sim, eu sou da época do tudo mato também hahaha abraço

Renata Lins said...

Adorei o texto.... tô gostando tanto de visitar os blogs tudo... difícil é trabalhar com tanta fartura....!

Clarice M. said...

Tá difícil trabalhar mesmo! Fico parando o tempo todo pra ler as atualizações.

Tina Lopes said...

Gente, esse negócio é contraproducente, a gente não consegue se concentrar! Vou denunciar pro presidente em exorcismo, assim a gente não sai da crise.

Marcelo Paes said...

A escrita juntou muita gente. O Facebook tá afastando também. O legal da blogs é ser mais ativo e menos reativo na produção de conteúdo. Boa sorte nessa volta ;-)

Clarice M. said...

Sim, eu sou da época do tudo mato também hahaha abraço

Renata said...

Sabe que nesse dia em que a gente está resgatando tantas memórias eu me lembrei que a gente começou a conversar por conta de layouts que tínhamos em nossos blogs e usavam as imagens do Exploding Dog? E eu tinha uma imensa impressão de que você não ia com a minha cara por causa da coincidência das imagens, rs... Que bom que os blogs nos uniram e continuam nos mantendo próximas, mesmo distantes :*

Clarice M. said...

Flor, eu lembro muito dessa história e o quanto eu fiquei preocupada por você ter achado isso. Você está definitivamente entre os melhores presentes que o blog me deu. Engraçado que nós duas sempre fomos da resistência, né? hehehe Beijão.

Renata said...

Sempre! E, do lado de cá, serei sempre. Da resistência nos blogs e na nossa amizade :*

Anonymous said...

Fiquei com tanta vontade de voltar...

:*

Naty

Clarice M. said...

Volta, Naty!!!

Clarice M. said...

Volta, Naty!!!