26 Nov 2016

Se eu fosse dessas que se apaixona


Fidel Castro morreu, o revival de Gilmore Girls foi ao ar, descobri que amo leveduras, fiz a receita da minha segunda cerveja e estudei de verdade (do meu jeitinho) esta semana. Porém, nada disso importa, porque a única coisa que não sai da minha cabeça é que você foi embora sem dizer um tchau. E é tudo culpa minha, venhamos e convenhamos. Quantas vezes nos vimos? Posso contar nos dedos de uma mão, with fingers to spare. Talvez tenha sido isso. Eu sabia que haveria um fim e isso me deixou despreocupada o bastante para me entregar. Teve o seu sorriso também; aquele jeito de me olhar como se eu fosse uma pessoa realmente incrível; o carinho; o cuidado; a barba gostosa de pegar. As risadas, claro, porque eu jamais poderia me deixar levar por alguém tão sério. E a paixão, sem dúvida, porque eu não quero me conformar novamente. Eu poderia estar falando sério quando te pedi em casamento. Ah, se eu fosse dessas! Talvez eu até estivesse com o coração partido agora.
Share This:    Facebook Twitter
_______________________________

0 comments: